O “sofrimento” da classe média brasilera

Extraído do Classe Média Sofre:

Como é duro ser homem branco no Brasil, não?

Saindo do Foco

Por Bruno Pavan

Prestaram atenção no grande injustiçado da imagem???

Este blog começou hoje a imperdível saga de Ricardinho, um típico reaça médio brasileiro.

Matheus Pichonelli, na Carta Capital, o chama de Almeidinha.

São os que acreditam na ditadura gay, que pobres não trabalham por conta do Bolsa Família e que pessoas tem que ser presas já no útero da mulher.

Rezam para Nossa Senhora da Meritocracia toda noite…

Esse santo não existe? Então serve Bolsonaro ou qualquer humorista aí que “diz as verdades dessa pouca vergonha que virou o Brasil”

Para eles, o governo seria privatizado, “otimizado” (eles adoram essa palavra) e entregue a Eike Batista.

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Brasil e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s