Paulinho da Força engana o trabalhador

um tipo "esssperto", ou seriam dois?

um tipo “esssperto”, ou seriam dois?

De Murilo Silva

Paulinho da Força – ou seria da Farsa? – mente para o trabalhador. É o que diz de forma pouco velada Vagner Moura, presidente da Central Unica dos Trabalhadores, a CUT:

Querem enganar vocês e a opinião pública do Brasil. Não há nada pior para o trabalhador do que a inflação. É verdade. Nós sabemos disso porque os governos anteriores ao Lula fizeram inflação durante 500 anos no Brasil. Agora querer vir, como hoje teve lamentavelmente no 1º de Maio de uma outra central sindical, dizer que a pauta da classe trabalhadora agora é fazer campanha para impedir a inflação, isso é entrar no jogo do banqueiro internacional. Querem que aumente a taxa de juros e demita trabalhadores para controlar a inflação.

Ontem, 1º de maio, enquanto trabalhadores da Asia e Europa faziam quebra-quebra em suas capitais, São Paulo assistia mais vez as duas tradicionais festas aos trabalhadores, proporcionadas pelas duas principais centrais sindicais.

Resultado do pleno emprego, e dos ganhos reais do salário minimo – que em dez anos acumulam 70% – conquista inegável de um governo trabalhista.

Ontem a CUT – central ligada ao PT – fez sérias criticas ao governo.

A CUT foi leal aos interesses dos trabalhadores: ameaçou ir para a rua em greve geral caso a pauta de revindicação – que inclui a redução da jornada de trabalho e o fim do fator previdenciário – não fosse atendida.

Ou seja, a CUT faz de forma legitima e necessária a crítica ao governo. Porém, o faz pela esquerda.

Já o Paulinho…

O convidado de honra da comemoração da Força Sindical de ontem, caro colaborador, foi o tucano Aécio Neves! Veja aqui como o PSDB cuida dos interesses dos trabalhadores.

O discurso do pré-candidato, que não fala de povo, foi o do tomate, o do combate da inflação, o discurso dos juros altos.

Os assessores econômicos de Aécio, são basicamente os caciques do governo FHC, que dizem publicamente: “a saída é demitir mesmo

A Força Sindical, caro colaborador, defende juros altos: menos emprego e menos renda.

Até a FIESP esta a esquerda da Farsa Sindical nessa questão. O Paulinho defende os trabalhadores de Wall Street, onde não se planta tomate, como já vaticinou esse blog.

Acontece que, o Paulinho da Força – ou seria da Farsa? – quer se cacifar.

Ele trabalha hoje nos bastidores para criar um novo partido. Mais um. O Solidariedade.

Veja aqui, que solidariedade é uma característica marcante da personalidade do Paulinho, especialmente para com banqueiros.

Como se sabe, o Governo e o Congresso Nacional tem se movimentado para barrar a criação de novas legendas no Brasil. Através da restrição do uso do Fundo Partidário – dinheiro bancado por todos nós destinado a campanhas eleitorais – para novos partidos, que brotam as pencas no Brasil.

O Congresso acha que as 3o legendas que já temos são suficientes. O Supremo, na pessoa do ministro Gilmar Medes, acha que cabem mais algumas – veja aqui que Marina Silva, que também esta querendo um partido para si, agradece a Deus e ao ministro por isso.

Portanto, caro colaborador, o 1º de maio da Força Sindical, foi mais uma esperteza, desse tipo “esssperto” que é o Paulinho. Seja com Aécio ou Eduardo, pra ele tanto faz.

Tudo não passa de uma forma de botar a faca no pescoço do governo, na busca de seus pequenos interesses pessoais. Como a criação de um partido político que já mostra a que vem.

Anúncios

Sobre Murilo Silva

Jornalista por acidente.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s