O povo sofrido e os movimentos sociais sempre estiveram acordados!

O Fora de Foco tem a honra de anunciar mais uma grande estreia: Debora Souza escreve sobre os que nunca dormiram
Queria saber onde os reaças da classe média que agora se sentem os revolucionários salvadores da pátria estavam quando arrasaram o Pinheirinho. Os mesmo que agora, se sentem no direito de esculachar a esquerda, a mesma esquerda que há décadas é quem levanta a bandeira dos problemas sociais desse país e tentou desesperadamente chamar a sua atenção para eles por anos.
 
Os reaças são tão favor de uma sociedade mais justa, que são contra os poucos programas sociais do governo, contra direitos iguais para os trabalhadores domésticos, contra reforma agrária, entre outros, sob a desculpa de que eles criam vagabundos. Faz-se questão de não avaliar os impactos positivos do Bolsa Família, como a redução da mortalidade infantil, da taxa de natalidade e da violência (1) nas áreas onde o programa tem maior incidência, além de ter feito uma revolução na vida de muitas mulheres presas na nossa estrutura machista do nordeste. (2) Afinal de contas, apenas a classe média sofredora e explorada paga impostos nesse país, pobre não paga. Antes fosse assim.
 
Os mesmos novos salvadores da pátria também ignoram a dramática saga de extermínio indígena e o trabalho escravo no país. Estão comprometidos com a  difusão de mentiras como bolsa prostituta e a bolsa crack nas redes sociais. Nunca se interessaram por política. Agora dizem que odeiam partidos! Que não querem nem direita, nem esquerda, que querem ir para frente, qual frente quando há apenas ideias vazias e conservadoras? Soluções simplistas e superficiais que não resolvem nossos problemas, que eles não sabem como colocar em prática porque não conhecem a estrutura política atual do país?
 
Qual a posição de vocês em relação à violência na periferia ou é só a menininha branquinha bem nascida que não pode ser assaltada ou apanhar da polícia? Os mesmos que idolatram os EUA e a Europa, porque lá tudo é melhor, agora se definem nacionalistas por aqui. Estudaram em escola particular e mesmo assim não conhecem a nossa história. Agora precisam pegar o dicionário para descobrir que movimento apartidário, não significa contra partidos.
 
Até uma semana atrás, hoje é dia 21/06, o Movimento Passe Livre só contava com o apoio do PSTU e de movimentos sociais como o Movimento Negro, que teve sua bandeira queimada na Avenida Brigadeiro Luís Antônio na noite de hoje; Movimento dos Sem Teto e dos Sem Terra, alguns sindicatos, entre outros que incluem representantes de minorias. Como que em 1 semana, os reaças deixam de nos chamar de baderneiros e passaram a se sentir no direito de hostilizar quem está nessa luta há muito mais tempo? A resposta pode ser preocupante.
 
A mobilização por um país melhor é legítima e devemos continuar. O povo brasileiro sofrido e os movimentos sociais sempre estiveram nessa luta, quem acordou foi a classe média reacionária que não se importava antes. Sejam mais tolerantes e respeitem quem inclusive começou essa causa, companheiro!
 
Fonte:
 
Anúncios
Esse post foi publicado em Brasil e marcado , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para O povo sofrido e os movimentos sociais sempre estiveram acordados!

  1. Pingback: O bebê, a água da bacia e as barbas de molho |

  2. Pingback: Do sono ao sonambulismo: uma semana | Blog do Marcio Tralci

  3. Pingback: Nassif aposta no avanço |

  4. Pingback: Brasil precisa importar 200 MIL TONELADAS de feijão preto, diz ministro |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s