O Congresso terceirizado

 

Gigante: direita volver?

Por Bruno Pavan

A voz do gigante ecoou no Congresso nacional.

E desperta os instintos de sobrevivência de nossos senadores e deputados.

Cada um por si e Deus contra todos.

Renan Calheiros propôs o Passe Livre pros estudantes, esses mal-agradecidos.

Cristovam Buarque foi a tribuna propor o fim dos partidos políticos brasileiros.

Roberto Freire, um comunista meio desbotado pelo tempo, foi a TV ontem defender que pessoas se candidatem sem partido, isso tudo para fortalecer os partidos.

A questão, nesse momento, não é fazer sentido.

É tentar surfar na onda do gigante.

Os 20 centavos caíram.

A PEC 37 caiu.

E tudo mais que se pedir, vai cair também.

Se tiver alguma coisa pra pedir para o Congresso, esse é o momento. Eles estão aprovando tudo.

Quem era a favor da PEC 37 não colocou o rosto para defendê-la.

Afinal, o Jornal Nacional tá aí né, não é boa coisa defender argumentos, por mais fortes e sensatos que sejam.

A PEC 37 tiraria do Ministério Público algo que ele nunca teve pela Constituição Federal: poder de investigação.

Mas a etiqueta da “PEC da impunidade” colou.

Ninguém queria ter esse carimbo na testa.

Este editor é a favor de participação direta da população na democracia.

Ele acha que ajuda na politização da grande massa.

Acontece que o Congresso não pode ser terceirizado pelo anonymous.

Lá é a casa do povo, mas também é lugar de debates no campo político.

Alguém acha que é salutar algo que estava sendo motivos de inúmeros debates ser recusado por quase unanimidade?

(Sergio Guerra, que votou a favor da PEC, disse que cometeu um engano)

O que vai ficar nas ruas?

Por que será que este pobre editor não escuta nada sobre uma reforma agrária em todos esses questionamentos?

Dar o Passe Livre e a corrupção como crime hediondo para salvar alguns anéis.

Um plebiscito, como é moda dizer, sobre a reforma política pode confundir mais do que solucionar.

Assim, a toque de caixa, pode ser que não sirva pras eleições do ano que vem.

Mas quando as ruas explodem, alguma coisa precisa ser feita.

E rápido.

Criolo já disse: quando uma pessoa te oferece o caminho mais curto, fique atento.

Anúncios
Esse post foi publicado em Política e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s