Revolução de 32?

SP é a única capital do Brasil que não tem uma Avenida Getúlio Vargas

SP é a única capital do Brasil que não tem uma Avenida Getúlio Vargas

O escritor George Orwell estava certo ao lembrar que “quem controla o passado controla o futuro”

Vladimir Safatle, na Folha:

Um dos revisionismos mais evidentes da história brasileira diz respeito às leituras do levante que se iniciou em 9 de julho de 1932.

Faz parte do exercício da historiografia conservadora, em sua matriz paulista, vender a ideia de que uma típica revolta oligárquica teria sido uma revolução popular. Dessa maneira, somos obrigados, desde 1997, a comemorar as aspirações da elite paulista de outrora em retomar o controle do país.

Não se trata aqui de fazer a apologia do varguismo, o que seria um exercício míope e equivocado.

A ditadura instaurada por Getúlio Vargas a partir de 1937 foi um dos momentos mais sombrios da história brasileira. Querer vender, entretanto, a ideia de que os paulistas se revoltaram para fundar uma institucionalidade democrática e defender a legalidade constitucional é algo da ordem da piada malfeita.

Expulsa do poder por ser o eixo de uma República de fachada, assentada sobre os piores laivos autoritários e periodicamente sacudida por revoltas populares, a elite paulista procurou criar para si uma história de glória e resistência […]

Isso apenas demonstra como o escritor George Orwell estava certo ao lembrar que “quem controla o passado controla o futuro”.

Leia a integra do texto na Folha.

 

Anúncios

Sobre Murilo Silva

Jornalista por acidente.
Esse post foi publicado em Brasil, Uncategorized e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s