Helenas pedem o Leblon de volta

"não queremos mais o Cabral na vizinhança "

“não queremos mais o Cabral na vizinhança “

Xico Sá, na Folha:

 

É como se a baderna dos manifestantes de rua invadisse uma cena de uma novela de Manoel Carlos, o Balzac do Leblon.

Helenas em pânico.

As elegantes Helenas, como o novelista batiza seus personagens principais, não dormiram em paz de ontem para hoje.

O rolê no bairro não tem sido fácil. O jantar no Antiquarius, o arroz de pato mais caro do mundo, virou um inferno, como testemunhou este bípede cronista aquático e gramático.

A ilha do luxo da zona sul carioca, cujo metro quadrado fica na faixa de R$ 21,5 mil , é o alvo preferencial das manifestações de rua. É lá que mora o seu Cabral.gov., motivo de acampamentos, vigílias e “vândalos” –como classifica a tevê.

Seu Cabral agora atribui os protestos a ações orquestradas pela oposição –leia-se Garotinho (PR) e Freixo (PSOL). Como se meninada que está nas ruas fosse obediente a ordens de políticos.

O grupo anarquista Black Bloc não dá mole.  Na mira, a prioridade são as agências bancárias. O que é quebrar um banco em comparação a fundar um banco? , indaga a rapaziada. A base da bomba poética do Black Bloc é Bertolt Brecht ( 1898-1956).

Na frase original, perguntava o pensador e dramaturgo alemão: “o que é roubar um banco diante de fundar um banco?”

A turma da baderna que faz tremer lindas Helenas do Leblon parece reeditar, na pedagogia da pedrada, a filosofia brechtiana.

É, seu Cabral, a leitura é mais complexa.

Sim, infiltrados saquearam lojas, minhas queridas Helenas.  Sim, isso foi feio, Heleninhas.

Como desde as manifestações de junho, a onda de ressaca ideológica no Leblon era composta por todo tipo de gente  -a bandeira das ruas é uma coloridíssima colcha de retalhos. Desordem em progresso.

Aguardem as cenas dos próximos capítulos.

Saindo do Foco:

O banco bicolor não se importa com o transtorno.

Afinal, seu slogan é #mudaromundo.

Anúncios

Sobre Murilo Silva

Jornalista por acidente.
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s