Globo defende legalização da maconha. Eu não tenho ciúmes!

 

Por Bruno Pavan

O sujíssimo Renato Rovai fez uma análise certeira sobre a matéria do Fantástico sobre a indústria da maconha nos EUA.

Clique aqui para lê-la.

O “Show da Vida” chamou para o debate a dona de casa e o espectador da Miriam Leitão.

Coloca o barco na direção de uma abertura do debate sobre a legalização da droga.

Tudo o que milhares de coletivos à esquerda desejam há décadas.

Mas existe um problema: o da falta de pragmatismo.

Este editor se considera um homem de esquerda.

Mas sabe que a esquerda não tem (e não pode ter) o monopólio da preocupação social.

Claro que muitas vezes (na maioria delas) são os vermelhos da sociedade que dão o primeiro passo para ouvir os que geralmente não são ouvidos.

Mas não se deve esquecer que vivemos, e vamos viver ainda por muito tempo, em uma sociedade capitalista.

Diminuir a entrada da Globo nesse importante debate é miopía social.

FHC, que nada fez pela causa enquanto esteve com a caneta na mão, já havia abraçado a causa.

Bem vindo, imortal!!!

A presidenta Dilma Rousseff se declarou uma “conservadora” quando se trata desse debate.

Talvez seu cargo seja conservador.

Voltando as vacas frias e pedindo ajuda a Caetano: a força da grana ergue coisas belas também.

Se a Philip Morris ver no THC uma oportunidade de negócio, as chances de se discutir uma política estatal para as drogas aumentará muito.

O debate sobre a homofobia entrou na pauta mundial por conta que grandes empresas viram os gays como consumidores.

E isso abriu espaços maiores para os movimentos sociais de defesa dos LGBTs.

É assim que a banda toca por aqui.

Marcelo D2, que foi preso por incitar o consumo de drogas em outros tempos, hoje vende milhares de cds.

Aparece no Faustão.

Empresas ganham dinheiro com sua música.

E isso é completamente do jogo.

O pau no usuário, como já foi dito por aqui, não funcionou.

Em tempos de desejo de participação da sociedade na democracia, talvez seja uma boa hora pra se levantar debates essenciais.

Esquerda autista não é o caminho certo.

Se a Globo se encampar em debates antigos da esquerda, que venha.

Eu não tenho ciúmes!!!

Anúncios
Esse post foi publicado em Brasil e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s