Bolsa Família 10 anos: pior que a fome é o preconceito

Dilma: o cartão da ao cidadão o poder decidir

Dilma: o cartão da ao cidadão o poder decidir

Por Murilo Silva

O governo lançou hoje, em comemoração ao aniversário de 10 anos do Bolsa Família, um livro de 500 páginas com dados que desmistificam algumas ideias preconcebidas sobre os pobres e o programa.

Trinta e seis milhões de pessoas deixaram a pobreza extrema nesses dez anos.

Mas, como disse o ex-presidente Lula em discurso hoje, no Brasil tem sido “mais fácil vencer a fome que o preconceito”.

Ai vão alguns contundentes exemplos produzidos pela ignorância e pelo senso comum:

“São vagabundos” – Não, “Eles” trabalham: 75% dos adultos do Bolsa Família trabalham, é rigorosamente o mesmo índice de ocupação encontrado no resto da população economicamente ativa, fora do Bolsa Família.

“São acomodados” – Não, além de trabalhar, ”Eles” empreendem: 9,2% de todos os microempreendedores individuais formalizados do País são do Bolsa Família.

Além disso, em 18 meses de existência, 700 mil beneficiários do Bolsa Família se formaram em cursos técnicos, de média e curta duração, do Pronatec.

“São um peso para sociedade” – Não, o Bolsa Família não é gasto, é investimento: cada 1 real colocado no Bolsa Família vira 1,78 reais no conjunto do PIB.

”Pesam no gasto público” – Não é nada perto da dívida: o Bolsa Família é um significativo montante de 24 bilhões de reais por ano. Mas, com relação ao PIB, representa apenas 0,46%.

O superávit primário desse ano (economia feita para pagar os juros da dívida pública) está previsto para 3% do PIB, ou seja, 6 vezes o Bolsa Família.

”É um saco sem fundo” – Tem porta de saída, sim: 1,7 milhões de famílias deixaram o Bolsa Família em 10 anos.

”Recebe o dinheiro, mas não manda o menino pra escola ” – Há distorções, são 50 milhões de pessoas, mas há controle: 32 mil servidores da educação acompanham a frequência escolar das crianças do Bolsa Família, que tem de ser no mínimo de 85%, enquanto o das demais crianças, inclusive na escola particular, é de 75%.

”Vai pra escola mas não aprende” – Não é verdade, a escola tem muito a melhorar, mas os meninos estão indo bem: a média dos estudantes do Bolsa Família está a cima dá média nacional.

“Faz filho só para receber o benefício” – Preconceito e nada mais: A natalidade no Brasil caiu 20% nos últimos dez anos, mas entre os mais pobres, a queda foi de 30%.

Em tempo: a renda per capita na França hoje é 3% menor que em 2007; Espanha:-8%; Itália:-12%; Grécia:-29%; Brasil:+8%.

Em tempo II: da coluna Poder Online, do iG: O senador Aécio Neves (PSDB-MG) anunciou há pouco que apresentará um projeto para incorporar o programa Bolsa Família à Lei Orgânica de Assistência Social.

“A partir da aprovação desse projeto, o Bolsa Família deixa de ser o projeto de um governo ou de um partido político e passa a ser uma política de estado”, disse o tucano.

Leia também: Bolsa Família e a liberde de escolha

@MuriloSH

Anúncios

Sobre Murilo Silva

Jornalista por acidente.
Esse post foi publicado em Brasil, Economia, Política e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Bolsa Família 10 anos: pior que a fome é o preconceito

  1. Pingback: Aumento no IPTU: entre patrícios e plebeus |

  2. Maykon R dos Santos disse:

    Qual o link para o livro???

  3. Murilo Silva disse:

    Maykom, o livro não está disponível na internet – pelo menos ainda não encontrei – ligaremos para a assessoria do ministério na segunda, e pediremos um PDF. Nesse link tem alguns dados bem interessantes: http://bolsafamilia10anos.mds.gov.br/

    Continue conosco, Abs!

  4. Pingback: Próximo passo |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s