Arquivo do mês: fevereiro 2016

As flores de plástico não morrem (porque não vivem)

  Por Bruno Pavan O sociólogo Zygmunt Bauman é um dos melhores intérpretes dos tempos modernos. Antes de inventarem a sopa de letras da geração X, Y ou Z, o velhinho, já com seus 78 anos, escreveu que a sociedade … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

De que lado sampa samba?

Por Bruno Pavan São Paulo sempre teve uma espécie de poesia peculiar. O Rio de Janeiro, com uma beleza estonteante, foi palco da Bossa Nova, do barquinho, do cantinho e da garota de Ipanema. São Paulo não, São Paulo não … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário